Tecnologia e Noticia

Gionee A1 lite agora é oficial com 4000 mAh de bateria

0 4

Ultimamente a Gionee tem feito smartphones surpreendentes. E não é de agora que ela vem lançando dispositivos com alta qualidade. E para não perder esta indentidade, a empresa oficializou o seu mais novo smartphone que chegará ao mercado com especificações que mesmo tendo configurações um pouco inferior (se comparado com o Gionee A1) ainda assim pode ser considerado um smartphone sem dúvidas digno de seu dinheiro.

O Gionee A1 lite é uma versão menor da que já temos visto entre os lançamentos da fabricante. O smartphone recém oficializado vem de fábrica com o Android 7.0 Nougat tendo sua modificação através da interface Amigo 4.0, que traz várias funcionalidades interessantes e uma cara mais customizada ao robozinho verde. Agora pra quem não se agradou muito com o tamanho exagerado do Gionee A1 e principalmente do A1 Plus, que portanto foi anunciado em um dos maiores eventos de tecnologia em barcelona que ocorreu no finalzinho do mês de fevereiro, pode se adaptar melhor ao tamanho da versão lite que conta com 5,3 polegadas.

Especificações técnicas

Em relação às suas configurações de hardware, ele chegará ao mercado embarcado com tela IPS LCD de 5,3 polegadas com resolução HD (720 x 1280 pixels), chipset MediaTek MT6753 64-bit Octa-Core com clock máximo em 1,3 GHz, GPU ARM Mali-T720 MP3, 3 GB de RAM, 32 GB de espaço para o armazenamento interno, expansível via microSD de até 64 GB, câmera principal de 13 megapixels com abertura f/2.0 com flash dual-LED, câmera frontal de 20 megapixels e abertura f/2.0 com flash LED, leitor de impressões digitais, bateria de 4.000 mAh, sistema operacional Android 7.0 Nougat com interface Amigo 4.0 da própria Gionee.

Para sentirmos um gostinho que é de manusear o aparelho, teremos de esperar até o dia 18 de junho. As vendas do A1 lite será iniciada no Nepal por um preço inicial de US$ 260. Infelizmente, é meio que impossível um smartphones deste tipo seja comercializado aqui em território brasileiro, levando nós a escolher a única opção de esperar mais ou menos um mês para termos em mãos.

Fonte  Via

Loading...